Contactos

Rua do Bocage, Lote 32, R/C Dto.
2890-052 Alcochete
Portugal

Coordenadas GPS

Tel: +351 212 342 423

E-mail: geral@iberovet.com

Subscrever no nosso newsletter

Quero receber informação sobre:

Medicina Equina
Animais de Companhia
Serviços de Referência

Notícias Iberovet



Dra. Juliana Magalhães Dra. Juliana Magalhães

Mestre no Mestrado Integrado de Medicina Veterinária, pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, Universidade do Porto em 2014.

Externship na Queen's Veterinary School Hospital da Universidade de Cambridge e no Hospital Veterinário da Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals (RSPCA) de Londres, Reino Unido.

Presentemente, integra a equipa do Grupo Iberovet na Clínica Veterinária de Alcochete.

 

 

 

 

 





LEISHMANIOSE CANINA – UMA DOENÇA MORTAL

A Leishmaniose canina é causada por uma infecção parasitária, transmitida de cão para cão através da picada de flebótomos infectados, erradamente chamados de mosquitos. Se o seu animal estiver infectado com o parasita, os sintomas podem não ser detectáveis de imediato. Mantenha-se alerta para sinais como febre, perda de pêlo (sobretudo à volta dos olhos), perda de peso, feridas na pele e problemas nas unhas. Os órgãos internos também são afectados, o que pode conduzir ao aparecimento de anemia, artrite e insuficiência renal grave. Esta doença é frequentemente mortal e, embora os tratamentos permitam controlar os sintomas, não curam a doença.

Na Europa já existem 2,5 milhões de cães infectados com esta doença.

 A GRANDE NOVIDADE!!!!!

 Após 20 anos de pesquisa levada a cabo por cientistas de renome com recurso à mais avançada tecnologia de vacinação, está finalmente disponível a vacina contra a Leishmaniose canina. Com a vacinação é possível elevar o patamar de protecção do seu cão contra esta doença.

 O programa completo passa pela realização de um teste de despiste da doença e, caso seja negativo, será iniciado o plano de vacinação que inclui três injecções administradas com três semanas de intervalo e confere ao seu cão uma protecção interna duradoura contra a doença.

Depois será necessária apenas uma revacinação anual para manter os níveis de resistência imunitária do seu cão.

Por nos encontrarmos numa zona altamente endémica, a Clínica Veterinária de Alcochete recomenda a utilização desta vacina com a maior brevidade possível. Para mais informações e esclarecimentos, não hesite em nos contactar.